Advogado que sugeriu “tiro na testa” do juiz Moro compara MBL a nazistas e incita enfrentamento

O advogado alagoano Adriano Argolo voltou a usar o seu perfil pessoal no Twitter para criticar os inimigos do projeto totalitário de poder petista, derrubado o ano passado, que contava com seu integral apoio. Após o MBL liderar ações nas redes sociais contra a mostra promovida pelo Santander Cultural, o tresloucado advogado disparou mais uma de suas insanidades:

“O MBL precisa ser enfrentado nas ruas pelos movimentos sociais e pelos partidos e organizações que defendem a democracia. MBL é o nazismo!”, comentou, incitando a violência contra o movimento e simpatizantes. Veja:

Não é a primeira vez, que o advogado Adriano Argolo se utiliza da rede social para fazer ameaças. Argolo é militante pró-Dilma que sugeriu “um tiro no meio da testa do juiz Sergio Moro que vem promovendo a prisão de muita gente graúda do PT na Operação Lava Jato. Veja:

Em outro momento, Argolo convocou os seus colegas em Alagoas para tocar fogo na sede da OAB de Alagoas e também, no Tribunal de Justiça. À época, a OAB de Alagoas declarou “que irá investigar o caso em todas as esferas e adotará todas as medidas jurídicas para proteger o patrimônio dos advogados e responsabilizar os envolvidos nesse episódio lamentável”.

Anúncios

7 comentários sobre “Advogado que sugeriu “tiro na testa” do juiz Moro compara MBL a nazistas e incita enfrentamento

  1. E OAB ESTÁ MAIS DO QUE PROVADO O CORPORATIVISMO . JOSÉ DIRCEU SENTENCIADO AINDA É ADVOGADO , E ESTE SR. AINDA É PROTEGIDO POR VOCÊS. VERGONHA VERGONHA .

  2. Digno de DÓ, se fala que MBL é nazismo, é porque nunca viu nenhum filme ou leu sobre o nazismo, quanto ao tiro na testa do Dr. Sérgio Moro , cachorro que ladra não morde.
    Como diz no outro comentário, deveria se ocupar de outras coisas e enfiar a viola no saco e ir cumprir o plantão dele na porta do DP!!!!’

Deixe uma resposta