Alckmin dá tiro no pé ao apoiar Janot e acordo de impunidade da JBS

Geraldo Alckmin disse, segundo O Antagonista, o seguinte:

“Acho que a Procuradoria Geral da República está agindo corretamente. O que ela (a PGR) falou: que o que foi delatado está valendo e que os benefícios vão ser analisados.”

Isso foi o que ele disse a respeito do acordo de impunidade da JBS. Ou seja, ficou ao lado de Janot. Um baita tiro no pé.

Anúncios

Deixe uma resposta