Revelações bombásticas da conversa entre Joesley e Saud podem ressuscitar CPMI da JBS

O Planalto tinha desistido da CPMI da JBS. Por ordem do próprio Michel Temer, a bancada do PMDB no Senado não indicou representantes e a comissão ficou engavetada.

A prioridade era avançar com a CPI do BNDES, para focar nos empréstimos concedidos pelo banco na era PT. Agora, com a reviravolta na delação da JBS, a CPMI destinada a investigar o acordo de colaboração premiada fechado com a empresa foi ressuscitada.

A comissão será instalada oficialmente às 14h30 de hoje. Muito provavelmente, serão convocados para prestar esclarecimentos aos parlamentares os irmãos Joesley e Wesley Batista, Ricardo Saud, além do procurador Marcelo Miller e de Rodrigo Janot.

O presidente da CPMI tende a ser o senador Ataídes Oliveira, do PSDB de Tocantins, quem colheu as assinaturas antes de toda essa reviravolta.

As informações são do site O Antagonista.

Anúncios

Deixe uma resposta