Joesley havia combinado delação com Marcelo Miller, da PGR, antes mesmo de gravar Temer no Jaburu

Veja o que disse o colunista Lauro Jardim, o mais tardio a se pronunciar desde as revelações de ontem:

Nos áudios da conversa entre Joesley Batista e Ricardo Saud, há um trecho em que o dono da JBS deixa claro que se encontrara com o ex-procurador Marcelo Miller, no início de março. Dias antes, portanto, de gravar Michel Temer no Jaburu.

O fato de Joesley ter negociado a delação antes de ter as provas mostra que havia, nos bastidores, o interesse máximo em garantir a impunidade para os irmãos Batista, interesse este que foi atendido por Rodrigo Janot sem hesitação.

Anúncios

Deixe uma resposta