Bretas determina bloqueio de R$ 1 bi de Nuzman e empresários

O juiz Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio, decretou o bloqueio de R$ 1 bilhão do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Carlos Arthur Nuzman, e dos empresários Arthur Soares e Eliane Cavalcante. Os três são investigados na Operação Unfair Play, deflagrada nesta terça-feira, 5.

O Ministério Público Federal havia solicitado a Bretas ‘em razão do dano moral causado, que o patrimônio dos representados Arthur César de Menezes Soares Filho, Eliane Pereira Cavalcante e Carlos Arthur Nuzman’ fosse bloqueado em, pelo menos, R$ 1 bilhão’ a fim de fazer frente ao dano causado, cujo valor será fixado quando da prolação da sentença penal’.

A informação é do Estadão.

Anúncios

Deixe uma resposta