URGENTE: Gravação da JBS cita quatro ministros do Supremo. Fim da república de vez.

A gravação de quatro horas que poderá levar à anulação da delação premiada dos executivos da JBS traz menções comprometedoras a quatro ministros do Supremo Tribunal Federal. A informação exclusiva é da Veja.

Uma dessas menções é considerada “gravíssima” pelos procuradores. Mas não é só: as demais também causem embaraços aos envolvidos.

Fontes com acesso ao áudio revelaram que os ministros são citados pelos delatores Joesley Batista e Ricardo Saud em situações que denotam “diferentes níveis de gravidade”.

Algumas são consideradas até banais, mas “ruins” para a imagem dos ministros. Mas uma delas, em especial, se destaca por enredar um dos onze ministros da corte em um episódio que parece “mais comprometedor”.

A expectativa é de que o STF torne a gravação pública nesta terça-feira.

Joesley e Saud se gravaram durante o processo de negociação da delação premiada com a PGR. Aparentemente, estavam aprendendo a operar um dos gravadores que usariam para registrar conversas com autoridades.

O áudio, diz uma fonte, indica que ambos estavam sob efeito de álcool durante a conversa – o que, de acordo com autoridades que trabalham no caso, não elimina a necessidade de investigação sobre o teor do diálogo.

Anúncios

17 comentários sobre “URGENTE: Gravação da JBS cita quatro ministros do Supremo. Fim da república de vez.

    1. É isso que chamam de Democracia no Brasil. Já tivemos, por exemplo, a República do Café com Leite,que foi exterminada por uma ditadura, não acham que está na hora de um novo Getúlio.
      Vejam que tudo aquilo que o Sr.Getúlio fez pelo trabalhador,está sendo retirado. Estamos voltando à época onde o trabalhador era escravo.
      Srs. Militares, vocês têm o Dever de defender a Constituição e o povo brasileiro. Tirem as raposas do galinheiro.

  1. Janot sai e depois qu entra vai seguir as normais procesuas e ter coragem. ..mas O Temer dos 3 .. escolheu uma procuradora nos moldes que ele precisa como ficamos?
    No Brasil não temais jeito…mesmo que troque todos os políticos ..que FFAA assuma …o desvio de dinheiro continuará, através das ONGS e outras formas de desvio.
    É muita coisa para mudar de uma vez e muitos anos de recuperação.
    Infelizmente temos o foro de São Paulo ditando as regras de acordo com a Nova Ordem Mundial….e um comunismo já implantado segue a passos largos para sua concretização. ..Muito triste tudo

    1. Militáres já,para voltarmos a época que eu vivenciei amplamente,quando tínhamos tudo da melhor qualidade : Emprêgo,Saúde,Educação e Segurança ,e o nosso PIB chegava a 16 %, que espantava até aos americanos.Entre grandes obras e programas sociais de valor foram quase 80,o que nenhum país conseguiu.ealte

    2. Não desista agora, Nana, quando o panorama se mostra favorável, como nunca ocorreu no Brasil, à limpeza que se faz necessária no Sistema Político, nos gangsteres travestidos de políticos, parlamentares, presidentes… Antes, várias investigações foram barrada pelos motivos mais inverossímeis. A Operação Castelo de Areia, prévia da Lava Jato, foi anulada pelo TSJ porque, pasmem, a denúncia inicial foi anônima!!! E ficou o dito pelo não dito e agora, esta semana, um servidor da Justiça quer destruir todas as provas obtidas naquela operação! Dá para ver que os membros das organizações criminosas estão infiltradas, aparelhando os órgão de governança nos três poderes. Uma das regras implantada nos Disque Denúncia é assegurar o anonimato!?

  2. Pode até ter Jesus Cristo como testemunha e prova filmada em 4k, a justiça não vai ser feita por que ela não exite no Brasil, no final é só uma muta milionária que não vai fazer nem cosquinha no bolso dos cara.

  3. BOLSONARO Presidente para consertar para consertar está esculhambação
    que o PT em treze anos deixou nosso Brasil. Aqui onde resido, com quem se
    fala e BOLSONARO na cabeça.

Deixe uma resposta