CAOS NO STF: Gravação da JBS envolve quatro ministros do Supremo Tribunal Federal

A gravação entregue pelos delatores da JBS na última quinta-feira põe em xeque o Supremo Tribunal Federal.

O áudio de quatro horas pode anular a delação premiada dos executivos além de comprometer quatro ministros do STF.

Uma das menções foi considerada gravíssima pelos procuradores. Fontes revelaram a revista Veja, que publicou em primeira mão, que os ministros citados no áudio estão em situações que denotam “diferentes níveis de gravidade”. A fonte também contou que Joesley Batista e Ricardo Saud, protagonistas da gravação, aparentemente estavam embriagados durante a conversa.

A gravação deve ser tornada pública nesta terça-feira.

 

 

Anúncios

3 comentários sobre “CAOS NO STF: Gravação da JBS envolve quatro ministros do Supremo Tribunal Federal

  1. Marginal e marginal com gravata ou sem, quem é culpável deve pagar seus erros. Todo brasileiro ou mesmo residentes culpável deve pagar. Justiça e igual para todos.

  2. As autoridades brasileiras estão brincando com coisa séria, com bandido não se brinca se prende e eles estão brincando com esses bandidos da JBS vai acabar sobrando para todos eles, é só cair na boca do povo que eles vão ver o que procuraram.

Deixe uma resposta