Operação Peixe Podre mostra fraudes no processamento de pescado em SC

A Polícia Federal deflagrou a Operação Fugu em maio, contra um esquema de fraudes no processamento de pescado no estado de Santa Catarina.

A perícia detectou ao verificar celulares de executivos dos grupos investigados que emails apontam para uma série de práticas criminosas como uso de água oxigenada para “recuperar” filés de peixe e uso de fosfato para aumentar a absorção de água, entre outras coisas.

 

Confira uma troca de emails entre os empresários que foi publicada pelo O Antagonista:

peixe1peixe2peixe3

Anúncios

Deixe uma resposta