Dilma faz defesa ardorosa e apaixonada da ditadura de Maduro

A “comedianta” Dilma Rousseff, ex “presidenta” petista, defendeu a ditadura de Nicolás Maduro em um discurso de uma hora e vinte minutos, segundo informou O Antagonista.

Ela disse: “Tem de ser extremamente ignorante para acreditar que uma oposição da Venezuela vai entrar nisso de boazinha. Se tiver apoio dos Estados Unidos, será uma carnificina. Ficar dizendo como o Maduro é um ditador sanguinário é nos chamar de imbecis.”

 

Anúncios

8 comentários sobre “Dilma faz defesa ardorosa e apaixonada da ditadura de Maduro

Deixe uma resposta