Vitória do MBL BSB: pressão faz Tribunal de Contas do DF recuar e revogar retroativo do auxílio-moradia

Informa o portal Metrópoles:

A Presidência do Tribunal de Contas do DF (TCDF) revogou nesta quinta-feira (31/8) o ato de concessão do pagamento retroativo de auxílio-moradia. Os valores já estão sendo restituídos pelos conselheiros do tribunal e pelos procuradores do Ministério Público de Contas (MPC-DF) beneficiários da bolada de R$ 1,3 milhão. O pagamento causou grande repercussão negativa para o TCDF. Apesar da revogação, Anilcéia Machado destacou que o pagamento “não teve vício formal”. Ainda de acordo com o ato, a suspensão trata, apenas, do retroativo, mantendo o pagamento mensal do benefício.

O MBL do Distrito Federal estava organizando para hoje uma manifestação contra este absurdo. O grupo foi o principal responsável por propagar a informação e fazer com que muita gente se revoltasse com o caso, o que acabou gerando pressão popular e o consequente recuo.

Anúncios

Deixe uma resposta