Consultoria define Lula como carta fora do baralho para 2018

Em relatório sobre as eleições de 2018, a consultoria de risco político Eurasia Group fez um alerta para os investidores. De acordo com os analistas políticos da consultoria, parece improvável que Lula possa concorrer devido a questões legais e também por enfrentar altas taxas de rejeição. As informações são do InfoMoney.

No entanto, para a consultoria o melhor cenário pró-reformas seria uma combinação de Doria concorrendo pelo PSDB e, paradoxalmente, Lula podendo também concorrer. Com Lula na corrida, o potencial de novos nomes subirem e disputarem um segundo turno diminuem.

“Em todos esses cenários, há uma chance de um novo nome ser catapultado pela ira do eleitor. Mas, se Lula estiver concorrendo, é mais provável que haja um segundo turno entre Lula e Doria, no qual seria muito provável que o tucano ganhasse”, apontam. Já se Lula não concorrer e Doria for o indicado tucano, o prefeito ainda teria uma vantagem, mas o campo estaria um pouco mais aberto para outros candidatos anti-establishment e sem uma pauta clara reformista, como o caso do ex-ministro do STF Joaquim Barbosa.

Anúncios

3 comentários sobre “Consultoria define Lula como carta fora do baralho para 2018

Deixe uma resposta