Afronta: após acusação de receber propinas, juiz ganha aposentadoria como prêmio

Acusado de pegar propinas em troca de liminares, o juiz José Dantas de Lira, da 1ª Vara Cível da Comarca de Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal, no Rio Grande do Norte, foi condenado a perder o cargo e receber aposentadoria proporcional pelo Conselho Nacional de Justiça. Ele já estava afastado do cargo por ordem do Supremo Tribunal Federal.

As informações foram divulgadas pelo Conselho Nacional de Justiça.

Segundo investigações, o magistrado recebia vantagens indevidas pela concessão de liminares para ampliar a margem de consignação de salários a servidores públicos.

De acordo com o CNJ, faziam parte do grupo alvo de apuração o filho do juiz, José Dantas de Lira, um advogado, um corretor de empréstimos e um funcionário do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte.

As informações são do Estadão.

Anúncios

Deixe uma resposta