Professora agredida xingou a mãe do aluno antes da agressão, diz o advogado

Informa o portal Zero Hora:

Diego Valgas, o advogado de defesa do adolescente de 15 anos que agrediu a professora de Língua Portuguesa, Marcia de Lourdes Friggi, em uma escola de Indaial, diz que o jovem perdeu o controle após a docente ter insultado sua mãe. De acordo com Valgas, o agressor foi vítima de violência doméstica desde bebê e cresceu defendendo a matriarca das agressões do pai. No momento da discussão, ele alega que a professora teria citado sua mãe e isso o fez perder o controle e desferir um soco. O advogado também diz que o adolescente está “extremamente arrependido do que fez” e sua família tem recebido ameaças.

Agora o caso fica mais complicado. Independentemente dos discursos, ainda pouco dá para se saber sobre os fatos em questão. Mesmo que a professora tenha falado algo nesse sentido isso não justificaria a agressão, entretanto, a narrativa esquerdista de que jovens pobres e violentos são vítimas da sociedade vem bem a calhar agora, de uma forma totalmente inconveniente.

Para nós, é um caso óbvio: o garoto agrediu e portanto está errado. Mas para a esquerda é um colapso de narrativas. Professora mulher e de esquerda contra jovem problemático, pobre e supostamente vítima de abusos domésticos. Quem os esquerdistas vão defender?

Anúncios

Um comentário sobre “Professora agredida xingou a mãe do aluno antes da agressão, diz o advogado

Deixe uma resposta