Janot bate o pezinho e não quer PF participando de acordos de delação. Por quê?

A Procuradoria Geral da Repúblico ajuizou uma ação direta de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal contra o dispositivo legal que possibilita  que o acordo de colaboração premiada  seja negociado pela polícia. O argumento da PGR é o de que o acordo somente por ser negociado por quem é parte na ação penal, ou seja, apenas o Ministério Público.

 

Anúncios

Deixe uma resposta