MPF investiga déficit de R$ 132 milhões nas Olimpíadas

O Ministério Público Federal enviou ao Ministério do Esporte e ao Comitê Rio 2016 um ofício para que informem se houve repasse de recursos públicos para cobrir o rombo de R$ 132 milhões deixados pelos Jogos Olímpicos.

Isso porque os executivos responsáveis pelos Jogos prometeram que não haveria injeção de recursos do governo. O dinheiro, segundo eles, seria gasto apenas em obras de infraestrutura externa.

A informação é da coluna Radar On-Line.

Anúncios

Deixe uma resposta