Moro impõe multa de R$ 115 milhões a Duque e o condena a mais dez anos

O ex diretor da Petrobras, Renato Duque, já está condenado a 40 anos de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro e nesta segunda-feira, 21, recebeu uma nova sentença.

O juiz federal Sérgio Moro condenou Duque a mais dez anos de cadeia por corrupção ativa desta vez, e novamente por lavagem de dinheiro em contratos da Petrobras com a Andrade Gutierrez. O ex diretor da Petrobras também irá ter de ressarcir a empreiteira em R$115,9 milhões pelos desvios em contratos ilíctos.

Moro, no entanto, permitiu que ocorra progressão de pena após cumprimento de 5 anos do regime fechado.

 

Anúncios

Deixe uma resposta