Internet recupera vídeo em que Fachin se declara comunista e apoiador do MST

Internautas recuperaram um antigo vídeo no qual o ministro Edson Fachin, atualmente relator da Lava Jato no Supremo, se declara comunista e conta parte de sua trajetória ao lado de ícones da extrema-esquerda nacional.

Isso, contudo, não é grande surpresa para quem já conhece a figura. Em 2014 Fachin subiu ao palanque e pediu votos para Dilma Rousseff contra Aécio Neves, e também há vídeos sobre isso.

Anúncios

7 comentários sobre “Internet recupera vídeo em que Fachin se declara comunista e apoiador do MST

  1. veja a verdadeira cara do supremo STF, nos cidadães estamos mesmo e FFFFF, como um magistrado deste naipe pode proteger um cidadão comum, altamente envolvido com os petralhas,

  2. Esse petralha nunca conseguiu esconder a origem de comuna como todos os do PT e CIA. Também os terroristas do psdb e CIA com os outros foram banidos pelo governo militar mas voltaram e os brasileiros ingénuos votaram nessa camarilha de esquerda.

  3. È urgente que devemos lutar por ondicações divilizadas deses ministros, no minimo por um terço do congresso em votação em dois turnos , estas indicações se totna coisa de governos totalitarios.

Deixe uma resposta para Clovis Xavier Cancelar resposta