Presidente uruguaio, cujo ministro criticou reforma trabalhista, foi membro do Foro de São Paulo

Em evento petista ocorrido recentemente, o ministro das Relações Exteriores do Uruguai criticou a reforma trabalhista no Brasil, ecoando a narrativa petista de que ela “tira direitos” dos trabalhadores.

O comentarista político Felipe Moura Brasil, no entanto, deu uma explicação bastante plausível para tal acontecimento. É que o presidente socialista uruguaio, Tabaré Vázquez, foi membro do Foro de São Paulo, integrando o grupo de Marbela. Sendo assim, está claro que há interesses políticos bastante comuns.

Confira o comentário de Felipe Moura:

Anúncios

Um comentário sobre “Presidente uruguaio, cujo ministro criticou reforma trabalhista, foi membro do Foro de São Paulo

Deixe uma resposta