Ferraço defende voto de censura a Maduro enquanto Lindbergh defende ditador e critica Trump

Nesta quarta-feira, 16 poderá ser votado no Congresso Nacional do Brasil o “voto de censura” ao ditador socialista Nicolás Maduro. O autor do pedido é o senador Ricardo Ferraço, ele entende que a Casa precisa se manifestar sobre a situação da Venezuela. Em oposição, o “Lindinho” do PT defende o ditador e critica o presidente republicano dos Estados Unidos, Donald Trump, que declarou que não descarta intervenção militar na Venezuela.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Ferraço defende voto de censura a Maduro enquanto Lindbergh defende ditador e critica Trump

Deixe uma resposta