Fábio Assunção e Dilma Rousseff: eis o time que o PT pretende lançar pelo Rio de Janeiro em 2018. Entenda a estratégia.

Por Rafa Silva

 

Imagine um Dream Team. Mas um Dream Team mesmo, com todos os heróis juntos, escolhidos a dedo. Todos no mesmo local e hora, prontos para salvar o mundo de uma grande desgraça. Pode parecer irônico, mas esse é o grande plano que o Partido dos Trabalhadores reserva para o povo carioca nas eleições do ano que vem.

De acordo com matéria do Antagonista, ventila-se possibilidade do partido lançar Dilma Rousseff para o Senado em 2018, substituindo o temerário Lindbergh Farias. O autal Senador, por seu turno, concorreria para deputado federal, ao lado do recém filiado Fábio Assunção – ele mesmo, cujo envolvimento com drogas escalou até chegar no PT.

O objetivo dos petistas é que Lindbergh e Fábio Assunção tenham grande desempenho eleitoral, puxando ao menos dois outros petistas na chapa que está sendo formada. A estratégia, adotada nas eleições municipais de São Paulo com Suplicy como carro chefe, será tônica na participação eleitoral do PT no próximo pleito.

Sabe-se, porém que o estratagema depende da permanência do atual modelo eleitoral: se o distritão for aprovado, não haverá composição de chapa, e os votos partidários não redundarão em efeito tiririca.

A se ver.

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Fábio Assunção e Dilma Rousseff: eis o time que o PT pretende lançar pelo Rio de Janeiro em 2018. Entenda a estratégia.

Deixe uma resposta