Ao aceitar recurso, STF tirou de Moro trecho da delação da JBS sobre conta para Lula e Dilma

Informa o portal UOL:

A 2ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta terça-feira (15), por 3 votos a 1, aceitar os recursos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e determinar que parte da da delação da JBS que cita suposto envolvimento de ambos em irregularidades no BNDES e em fundos de pensão seja remetida apenas para a Justiça Federal do Distrito Federal. 

Não é tão surpreendente. Boa parte do Supremo parece agir dentro de uma agenda política e está claro que há certo interesse em limitar as ações de Sérgio Moro. Recentemente o ministro Edson Fachin, que por acaso é relator da Lava Jato no STF, também tirou inquéritos das mãos de Moro.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Ao aceitar recurso, STF tirou de Moro trecho da delação da JBS sobre conta para Lula e Dilma

  1. Estão tirando os processos envolvendo Lula das mãos do juiz Moro para evitar próximas condenações. Isso está bem claro. Fachin petista e os outros urubus togados estão livrando a cara do Lularápio

Deixe uma resposta