Rachel Sheherazade dá explicação didática sobre o que é marxismo, fascismo e nazismo

A jornalista Rachel Sheherazade compartilhou em seu Twiter uma postagem da página Socialista de iPhone, conhecida por provocar esquerdistas nas redes sociais. A postagem explica, de modo didático, o que é ser de esquerda e porque socialismo e nazismo são praticamente a mesma coisa.

Anúncios

8 comentários sobre “Rachel Sheherazade dá explicação didática sobre o que é marxismo, fascismo e nazismo

  1. Agora entendi, Nazismo é irmão do Fascismo e ambos filhos do Marxismo e netos do Ignorantismo dos que pregam o Igualitarismo todavia se deliciam com o Capitalismo.

  2. Exato, Paulo. Todas essas ideologias são ideologias de elevação de um pequeno grupo governante em patamar de liberdade e capitalismo e uma massa escravizada.

    É fazer com uma nação o que tanto se criticava no feudalismo, em que o patrão era, praticamente, proprietário dos serviçais, que recebiam dele, mas tinham que pagar o mesmo montante ou quase isso por moradia nas terras dele e comida nos mercados e feiras dele.

  3. Como essa mulher é burra puta que o pariu! Ela é apenas um papagaio do Olavo de Carvalho o maior vigarista e charlatão da “filosofia”. O Olavo omite duas coisas: que o comunismo é uma doutrina essencialmente judaica. Segundo, ele distorce completamente as histórias. Ele afirma que os judeus “foram mais perseguidos sob o regime Stalinista do que no nazismo”. Uma mentira deslavada. Primeiro porque a URSS foi o primeiro país a implantar leis anti-racistas. E segundo, os judeus eram a maioria no governo soviético. Lenin era meio-judeu. Trotsky era judeu, isso sem contar os milhares de judeus em todos os setores do regime soviético. O Olavo fala que aquele brasão da suástica com a ‘foice e martelo” representaria a aliança dos nazistas com os comunistas. Mais uma mentira do astrólogo embusteiro. Na verdade aquele foi um broche comemorativo do dia do trabalho. E notem que no broche os símbolos estão forçadamente separados pela águia que significa que o regime os símbolos dos trabalhadores mas negam o comunismo. E mais uma vez isso não é uma moeda olavetes idiotas imbecis, e sim um broche.

  4. Como essa mulher é burra puta que o pariu! Ela é apenas um papagaio do Olavo de Carvalho o maior vigarista e charlatão da “filosofia”. O Olavo omite duas coisas: que o comunismo é uma doutrina essencialmente judaica. Segundo, ele distorce completamente as histórias. Ele afirma que os judeus “foram mais perseguidos sob o regime Stalinista do que no nazismo”. Uma mentira deslavada. Primeiro porque a URSS foi o primeiro país a implantar leis anti-racistas. E segundo, os judeus eram a maioria no governo soviético. Lenin era meio-judeu. Trotsky era judeu, isso sem contar os milhares de judeus em todos os setores do regime soviético. O Olavo fala que aquele brasão da suástica com a ‘foice e martelo” representaria a aliança dos nazistas com os comunistas. Mais uma mentira do astrólogo embusteiro. Na verdade aquele foi um broche comemorativo do dia do trabalho. E notem que no broche os símbolos estão forçadamente separados pela águia que significa que o regime apoia os símbolos dos trabalhadores mas negam o comunismo e o marxismo viu olavetes bobocas? E mais uma vez isso não é uma moeda olavetes idiotas imbecis, e sim um broche.

  5. O nazismo era tão de “esquerda” que foi combater o comunismo, invadiram a Rússia para acabar com eles, enquanto o ídolo daquele velho senil do rolavo de cavalo o Churchill, preferiu se aliar ao comunista Stalin e ao esquerdista(mas não comunista) Roosevelt. Quem foi combater o comunismo e quem preferiu ficar do lado dos sionistas e da corja vermelha? Os ídolos da direita burra e acéfala que deram ainda mais força e poder aos comunistas. Não sei quem é pior, os fãs do Lula ou do filósofo charlatão olavo de cavalo. E só pra terminar, Churchill era tão “anticomunista” que manteve uma organização anti-nazista até o começo dos anos 50, ele nunca quis perseguir comunistas. Lógico, era um filo-sionista. Olavetes burros!

  6. Vocês falam tanto que o nazismo era de esquerda mas eu queria mesmo era ver um de vocês falarem na cara de um neonazista que Hitler era esquerdista. Vocês iriam apanhar muito deles.

Deixe uma resposta