Até no Acre: MBL coordena ação em 100 cidades e Escola Sem partido vira realidade

por Rafa Silva

 

A luta por uma escola livre de doutrinação política avançou um importante passo nesta semana.

Nesta terça-feira (15), o MBL (Movimento Brasil Livre) está liderando uma grande quantidade de atos em Câmaras Municipais ao redor de todo o país, protocolando o projeto do “Escola Sem Partido” e pressionando para que o mesmo seja levado à plenário nas próximas semanas.

Em sua página de facebook, o Movimento postou dezenas de vídeos e imagens com atos realizados nas diversas localidades, em todas as regiões do país. Internautas comentaram que “até no Acre” o projeto foi protocolado, gerando comentários nas redes sociais.

Para o coordenador nacional do grupo, Kim Kataguiri, “o ato representa um passo adiante no combate à ideologização do ensino, levando o debate pelo projeto a cidades distantes dos grandes centros”. Para Kataguiri, o objetivo era levar o debate para dentro das Câmaras Municipais, “seja através do protocolo, seja através da visita do movimento”. Segundo ele, o propósito do ato não era reunir grandes multidões, mas sim executar uma pressão orgânica e estratégica sobre os centros tomadores de decisão.

Porradaria em Curitiba

Em Curitiba, os manifestantes compostos de alunos e familiares foram agressivamente atacados por professores e sindicalistas que, além partir para as vias de fato, rasgaram e queimaram suas faixas e bandeiras. Um dos ativistas, identificado como Thiago Branco, saiu com escoriações em sua cabeça e nesse instante registra Boletim de Ocorrência.

20915134_1836075616707657_6250249186849714566_n
Vândalos de esquerda destruindo cartazes

Balanço do Dia

Os organizadores ainda não efetuaram um balanço do dia. O objetivo central do ato, de acordo com Renan Santos, vem sendo alcançado até o momento, mas “um balanço oficial de cidades e protocolos só poderá ser estabelecido no fim do dia. A maioria dos atos começa após as 18 horas.

Este Jornalivre irá publicar o balanço das atividades ao final do dia.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Até no Acre: MBL coordena ação em 100 cidades e Escola Sem partido vira realidade

Deixe uma resposta