Supersalário: Juiz do MT ganhou salário de meio milhão de reais no mês de junho

De acordo com o Estadão, o juiz Mirko Vincenzo Giannotte, da 6ª Vara de Sinop (MT), recebeu no mês de julho o total de R$ 415.693,02 líquido de salário, segundo dados do portal da transparência do Tribunal de Justiça do Mato Grosso. O valor bruto pago foi de R$ 503.928,79. O rendimento inclui uma  remuneração de R$ 300.200,27; indenização de R$ 137.522,61, mais R$ 40.342,96 de vantagens eventuais e R$ 25.779 de gratificações.

O caso, no entanto, não se trata de fraude ou erro. De acordo com o Tribunal de Justiça do Mato Grosso, o pagamento foi autorizado pelo Conselho Nacional de Justiça e está dentro da legalidade.

Ocorre é que isso tem se tornado cada vez mais comum no poder judiciário. Diversos juízes, procuradores e desembargadores recebem verdadeiras fortunas que ultrapassam o teto, tudo isso por meio de indenizações e benefícios que não se justificam. O caso com o juiz Giannotte foi muito repercutido, mas isso ocorre o tempo todo.

Anúncios

Deixe uma resposta