Delegado que iniciou Lava Jato detona Janot: PGR tenta reduzir a capacidade da polícia de investigar

O delegado Márcio Adriano Anselmo, responsável por iniciar as investigações da Operação Lava Jato em Curitiba, afirmou que Rodrigo Janot, o procurador-geral da República, está tentando “reduzir a capacidade da polícia” na atuação das investigações criminais e com isso “se autoafirmar investigador.”

As informações são da Folha Política.

Anúncios

3 comentários sobre “Delegado que iniciou Lava Jato detona Janot: PGR tenta reduzir a capacidade da polícia de investigar

  1. Ele está certo. Este Janto teve atitude suspeita…muita coisa foi escondida, só revelando o que interessava a sabe lá quem. Quem? Todos sabem.

  2. É inconcebível que um procurador federal conceda anistia aos irmãos Joesleys mesmo com a confissão dos corruptos de inúmeros crimes que causaram enorme prejuízos ao País deixando-os livres da cadeia “ad eternum”! O STF deveria anular essa delação enganosa e premiada!!!!

Deixe uma resposta