Youtuber Castanhari passa vergonha e deleta vídeo em que defendia Maduro

Após uma enxurrada de críticas nas redes sociais ao vídeo em que o youtuber Felipe Castanhari culpava  as “elites” e diminuía as responsabilidades do socialismo bolivariano de Maduro na crise venezuelana,  o autor do canal Nostalgia, com quase 10 milhões de assinantes, sumiu com o conteúdo.

Em uma rápida passagem pelo canal, como você pode conferir aqui, não é possível encontrar o vídeo a favor do ditador Nicolás Maduro relacionado entre os mais recentes:

nostalgia 01.png

Buscando pela palavra-chave “Venezuela”, como você pode fazê-lo através deste link: https://www.youtube.com/user/fecastanhari/search?query=venezuela, também não é possível acessar o famigerado vídeo.

Tudo leva a crer que, após o micão de defender uma ditadura genocida que já soma mais de cem mortos em manifestações pacíficas, Castanhari pôs a mão na consciência, sentiu o baque das críticas e resolveu sumir com o papelão. Em tempo.

Anúncios

Um comentário sobre “Youtuber Castanhari passa vergonha e deleta vídeo em que defendia Maduro

Deixe uma resposta