MPF desarquiva investigação sobre Lula ligada ao mensalão

O Ministério Público Federal desarquivou uma investigação que apura suposto envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no esquema do mensalão. A investigação teve início na Procuradoria da República do Distrito Federal, com base na acusação feita pelo empresário Marcos Valério de que Lula negociou com a empresa Portugal Telecom o repasse de recursos para o PT para a quitação de dívidas de campanha.

De acordo com Valério, operador do mensalão, Lula combinou com Miguel Horta, então presidente da Portugal Telecom, a transferência de 7 milhões de reais para o PT. O dinheiro, segundo o depoimento, teria chegado ao Brasil por contas de publicitários que prestaram serviço para campanhas petistas. O depoimento foi prestado por Marcos Valério em 2012 como uma tentativa de fechar acordo de delação premiada, após a condenação no mensalão.

O caso foi aberto em 2013 e arquivado em 2015 a pedido da Procuradoria da República, que alegou que não era possível comprovar o caminho do dinheiro. A Justiça Federal em Brasília discordou do arquivamento e o caso foi remetido à Câmara de Combate à Corrupção da Procuradoria-Geral da República, para arbitragem. O órgão concordou em remeter o caso de volta à Procuradoria da República para reabrir as investigações.

As informações são da Veja.

Anúncios

Um comentário sobre “MPF desarquiva investigação sobre Lula ligada ao mensalão

Deixe uma resposta