Joesley dá um de sonso e diz que “não tinha como saber do impacto da delação sobre o preço das ações”

O criminoso que segue impune, Joesley Batista, afirmou para a Polícia Federal que “não tinha como saber” em qual data seria divulgado o acordo de delação premiada que fechou com Rodrigo Janot e a Procuradoria-Geral da República.

Nesta quarta-feira, 9, Joesley prestou depoimento para ainvestigação sobre a venda de ações e aplicações no mercado de câmbio nos dias que precederam a notícia sobre a delação premiada.

Os irmãos Batista são os principais acionistas do grupo e tiveram ganhos extraordinários no mercado de compra e venda de dólares após o teor das delações serem revelados.

 

Anúncios

Deixe uma resposta