Maradona declara apoio a Maduro e é reduzido a pó por Kempes

O ex-jogador de futebol argentino Diego Maradona enviou nesta terça-feira (8) uma mensagem de apoio ao presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, na qual se oferece como “soldado” da revolução bolivariana, sendo prontamente criticado pelo ex-companheiro de seleção e hoje comentarista Mario Kempes.

“Somos chavistas até a morte. E quando Maduro ordenar, estou vestido de soldado para uma Venezuela livre, para lutar contra o imperialismo e os que desejam apoderar nossas bandeiras, que é o mais sagrado que temos”, escreveu Maradona no Facebook.

Kempes, artilheiro da seleção argentina campeã do mundo em 1978, não demorou para criticar a atitude de Maradona.

“@DiegoMaradona como você pode apoiar a morte de 124 jovens, por defenderem a liberdade e democracia de seu país! NÃO À DITADURA!”, escreveu no twitter o ex-jogador de 63 anos.

A Venezuela atravessa uma aguda crise política, econômica e social com enfrentamentos entre forças de segurança e milícias pró-governo, de um lado, e a oposição, do outro, que deixaram 125 mortos em uma situação de violência que provocou repúdio internacional.

 

Anúncios

6 comentários sobre “Maradona declara apoio a Maduro e é reduzido a pó por Kempes

  1. Hipocrisia já na foto, percebe-se isso no Charuto que ele fuma e no Iate ou Navio que ele se encontra porque esses bens só os imperialistas, burgueses , capitalistas que tem, capitalismo para mim e socialismo para a massa e assim que a esquerda normalmente agem.

  2. 1) Digamos que receber o apoio do Maradona não é algo maravilhoso do qual se possa orgulhar.
    O Dieguito é aquele fanfarrão que confundia futebol e handebol: gostava de fazer gol de mão, como aquele da Copa do Mundo de 1986.
    Só faltou dar uma “enterrada”, como no basquete.
    Essa atitude anti-esportiva mostrou como funcionava a cabeça do Maradona “La Mano de Dios”, uma espécie de Lulão espertalhão do futebol argentino.
    Pelo menos o Dieguito está sendo coerente e apoia um sujeito que possui o mesmo comportamento ético e moral.
    2) O Maduro bigodudo ao lado do Maradona bigodudo parece a dupla Doctor Evil e Mini-Me, inimigos do Austin Powers: a careca de um é a careca do outro.
    O Maradona é apenas isso: Maraduro Madurito, o boneco de ventríloquo e clone do Maduro.
    O bigodinho horroroso de um é o bigodinho horroroso do outro.

  3. ESSE CARA NÃO MERECE COMENTÁRIO.UMA PESSOA SEM DISCERNIMENTO,UM PESSOA QUE SE ENCONTRA FORA DE SI.PORQUE A COCAÍNA DEIXOU SEU CEREBRO EM PÓ….

  4. O maradona devia estar sob efeito de droga para variar.esse aí só sabia jogar futebol e mais nada. Um país de gente culta como a Argentina não pode ter um palerma de um ignorante a falar tantas estupidezes como essa.

Deixe uma resposta