Vergonha: desembargadora do MS tem outro filho que foi para a clínica em vez de ir para a cadeia

Tânia Garcia de Freitas Borges, desembargadora do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul, e mãe de Breno Fernando Sólon Borges,  possui outro filho fora da lei, que ajudou a livrar da cadeia por um crime cometido há 12 anos atrás.

O outro filho, o qual não teve nome divulgado, foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão por um assalto a mão armada no dia 16 de setembro de 2005, em Campo Grande.

Assim como Breno, o outro filho da desembargadora não precisou cumprir pena na cadeia e foi internado em uma clínica de recuperação para dependentes químicos.

Que exemplo de mãe e juíza… só que não.

Anúncios

Deixe uma resposta