Juiz é condenado por rolé em porsche de Eike, em 2015

O juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio, condenou nesta segunda-feira, 7, o juiz federal aposentado Flavio Roberto de Souza, que andou com o carro do empresário Eike Batista em 2015.

Pela sentença, o magistrado foi condenado a sete anos de prisão por peculato e a um ano por fraude processual. Ele pode recorrer em liberdade. Brêtas também determinou a perda do cargo de juiz federal e da aposentadoria, além de multa de R$ 25 mil como reparação de danos.

Segundo o processo, Flávio Roberto de Souza foi flagrado dirigindo um dos carros do empresário Eike Batista que estavam apreendidos – um Porsche Cayenne. Também estavam no prédio onde ele vive, na Barra da Tijuca, Zona Oeste, um outro automóvel e um piano.

 

Anúncios

Deixe uma resposta