Finalmente a Folha passa a tratar Venezuela como ditadura

A Folha anuncia que “a partir deste sábado (5)” vai designar o regime de Nicolás Maduro na Venezuela como ditadura.

Eles lembram que de acordo com o Manual de Redação, o termo se aplica à “dominação de uma sociedade por meio de um governo autoritário exercito por uma pessoa ou grupo, com repressão e supressão ou restrição de liberdades individuais”.

A matéria lembra: “a rápida deterioração da democracia na Venezuela, com a suspensão dos poderes do Legislativo, o aparelhamento do Judiciário, a prisão de opositores, o cerceamento à imprensa e a repressão a protestos que já contabiliza mais de cem mortos se consolida agora com uma Assembleia Constituinte cuja eleição teve as regras subvertidas para favorecer o chavismo”.

O jornal ainda avisa que adotará o termo “ditador” para Nicolás Maduro.

Anúncios

8 comentários sobre “Finalmente a Folha passa a tratar Venezuela como ditadura

  1. Não sei se dá pra acreditar num órgão de imprensa que sempre apoiou os pseudos Socialistas,e agora,sem saída,muda sua estratégia política.Antes tarde do que nunca…

  2. É claro, quando cai a mascara e e a cara do comunismo é exposta, eles imediatamente passam a chamar o regime de stalinismo, maoismo, chavismo, jamais de comunismo ou socialismo, eles tem que LIMPAR O PUNHAL, dizer que MADURO traiu MARX… quando TODA TEORIA MARXISTA NÃO PASSA DE UMA BABOSEIRA ESTELIONATÁRIA QUE SÓ SERVE PARA DESVIAR A ATENÇÃO DO QUE REALMENTE É O COMUNISMO: UM MANUAL DE ENGANAÇÃO, DOMINAÇÃO, DESUMANIZAÇÃO, ESCRAVIZAÇÃO E GENOCíDIO, REALMENTE… SÃO OS IRMÃOS GÊMEOS DOS NAZISTAS!!

  3. Ah tá, eles tavam só seguindo o tal “manual de redação”. Que nada, isso aí que por que já passou dos limites e não dá mais para tampar o sol com a peneira, igualzinho aconteceu com a corrupção do regime Lula-Dilma.

Deixe uma resposta