Relembre: Nicolás Maduro já disse que Hugo Chávez falou com ele dos mortos através de um passarinho

Em 2013, depois da morte de Chávez, o ditador Nicolás Maduro comentou publicamente que seu “comandante”, como ele gosta de se referir ao mentor, lhe apareceu por meio de um passarinho para confortá-lo e para dizer que ele teria sua “benção” para a batalha – leia-se, para matar pessoas em nome do regime.

O caso repercutiu mundialmente, chegando a ser motivo de piada. Veja o vídeo:

Em 2014 ele voltou a afirmar que conversou com um passarinho. Desta vez, a mensagem que ouviu foi a de que Hugo Chávez está feliz e cheio de amor.

“Vou confessar a vocês que se aproximou de mim um passarinho, outra vez se aproximou e me disse que o comandante estava feliz e cheio de amor pela lealdade de seu povo”, comentou, durante um evento em Sabaneta, cidade natal do ex-presidente.

Maduro é o que podemos chamar de estereótipo perfeito do socialismo. Trata-se de um tirano, assassino cruel e extremamente violento com seu próprio povo, mas sempre discursa com essas mensagens de amor. Lembra Che Guevara e seu discurso de “endurecer sem perder a ternura”… Que lindo! Foi muita ternura ter massacrado centenas de pessoas.

Anúncios

Um comentário sobre “Relembre: Nicolás Maduro já disse que Hugo Chávez falou com ele dos mortos através de um passarinho

  1. Esse cara é um idiota, louco e genocida!
    E duvido que Chávez se comunicou com ele através desse “passarinho”. Ele deve estar muito ocupando queimando no inferno.

Deixe uma resposta