Janot pode ser processado assim que deixar o cargo

Informa a coluna de Mônica Bergamo:

O procurador-geral Rodrigo Janot pode ser alvo de ações judiciais assim que deixar o comando da Procuradoria-Geral da República, no próximo mês. A iniciativa já é discutida entre alvos da Operação Lava Jato.

E ainda:

Se as iniciativas forem adiante, elas serão apreciadas pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça): Janot, como subprocurador, terá foro privilegiado. O clima na Corte não é dos melhores para o atual procurador-geral, que já pediu investigação contra dois integrantes do colegiado -os ministros Francisco Falcão e Marcelo Navarro.

A vida de Janot não está nada fácil, uma vez que seu plano de parceria com Joesley ficou escancarado demais. A pressão sobre ele já é grande agora e tende a aumentar muito após sua saída da PGR.

Anúncios

4 comentários sobre “Janot pode ser processado assim que deixar o cargo

  1. É o preço de sua seletividade e por fazer uso político de seu cargo. Foi leal aos criminosos petistas. Um completo desserviço ao Brasil.

Deixe uma resposta