Ex-diretor da Petrobras tem pena criminal aumentada pela segunda instância

Nesta quarta-feira, 2, a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) decidiu aumentar a pena de Jorge Luiz Zelada, ex-diretor da área Internacional da Petrobras. Ele havia sido condenado em primeira instância a 12 anos e 2 meses de reclusão. A 8ª Turma do TRF4 aumentou a pena de Zelada para 15 anos, 3 meses e 20 dias.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Ex-diretor da Petrobras tem pena criminal aumentada pela segunda instância

Deixe uma resposta