Roberto Jefferson alerta para risco de assassinato de Leopoldo Lopez: possível queima de arquivo

O ex-deputado Roberto Jefferson comentou em seu Twitter a respeito da prisão de Leopoldo López, perseguido político da ditadura de Nicolás Maduro na Venezuela.

O vídeo que mostra o momento em que a polícia de Maduro sequestra Leopoldo López em sua casa deixa claro que estamos diante de uma reconstrução do Terceiro Reich. A atuação dos policiais foi igualzinha a da Gestapo quando perseguia judeus no meio da noite.

Jefferson tem toda razão. É bem provável que o próximo passo de Maduro seja cometer uma série de assassinatos de seus principais opositores para se consolidar no país como único e eterno.

Anúncios

Deixe uma resposta