Relatos da Odebrecht mostram que pagador de impostos bancou corrupção do PT em outros países

Segundo o site O Implicante apurou, nos depoimentos ao TSE está sendo adiantado pela Odebrecht o que foi deletado à Operação Lava Jato. Hilberto Silva confessou que a empreiteira bancou as campanhas feitas pelo publicitário João Santanna em El Salvador, Angola, Venezuela, República Dominicana e Panamá.

Em troca de uma boa quantia do orçamento público, a empreiteira investia em projetos que seus executivos sequer acreditavam. Marcelo Odebrecht chegou a confessar que se sentia como um “otário do governo” por isso.

A Venezuela foi um dos países beneficiados pelos esquemas, ou seja, o pagador de imposto brasileiro ajudou, indiretamente, a ditadura de Nicolás Maduro.

 

Anúncios

Um comentário sobre “Relatos da Odebrecht mostram que pagador de impostos bancou corrupção do PT em outros países

Deixe uma resposta