Por falta de grana, UERJ fecha as portas por tempo indeterminado

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) decidiu nesta segunda-feira (31) que não voltará às aulas. A decisão foi tomada pelo conselho de diretores da universidade e as atividades foram suspensas. Não há previsão para iniciar o primeiro semestre letivo de 2017 por causa do atraso nos salários de funcionários e pagamentos das bolsas para parte dos estudantes.

O restaurante universitário também permanece fechado. A UERJ consultou mais de 50 empresas, mas nenhuma delas quis participar da seleção para assumir o serviço porque temem ficar sem pagamento do Governo do Estado do Rio. As empresas terceirizadas, responsáveis pelos serviços de limpeza e segurança da universidade, continuam trabalhando, mesmo com atrasos nos repasses pelo governo.

As informações são do Instituto Liberal de São Paulo.

Anúncios

Um comentário sobre “Por falta de grana, UERJ fecha as portas por tempo indeterminado

Deixe uma resposta