Humorista é perseguido e tem postagens deletadas após fazer piada inofensiva sobre Pabllo Vittar

O humorista Bob Nunes entrou em contato com o Jornalivre para contar sua história. Recentemente, ele fez uma piada com o cantor Pabllo Vittar, o comparando a Satanás por conta da “feiura”. O caso repercutiu mais do que ele previu e, no fim, a tropa de justiceiros sociais partiu para o ataque.

Eles o acusaram de homofobia e outras bobagens do tipo, muito embora a piada originalmente não tivesse qualquer cunho sexual ou preconceituoso. Foi então que, além dos ataques, ameaças e xingamentos, pessoas começaram a denunciar suas publicações no Facebook até que elas fossem deletadas, o que aconteceu de fato.

ScreenShot_20170731153411.png

Bob escreveu um texto a respeito do caso, em seu blog, e aqui vamos colar alguns trechos:

A internet é uma das coisas mais legais do mundo, dentre as maneiras de se informar até o entretenimento, sempre se tem opções para consumir exatamente aquilo que você procura. Porém, há pouco tempo, uma onda liderada pelo politicamente correto, vem tomando de conta da rede. Sustentada por políticas infantis e automáticas de redes sociais, pessoas usam de seu fanatismo para impor que aquilo que ela gosta deve ser aquilo que o resto da existência humana também deva gostar, sob a premissa de te denunciar caso discorde.

E depois:

O que percebi nisso tudo é o longo tempo que eles otimizam para procurar pessoas para odiar. Sou um artista de pequeno porte, sem fama nem alcance tão relevante, mas mesmo assim eles ao tomarem conhecimento, vieram me atacar. Até aí tudo bem, direito se revoltarem contra quem falou do Deus deles. Porém, me atacaram de “viado”, “gay”, “bixa”, como se viado, gay, bixa, fosse uma ofensa. Ou pra eles, viados, gays e bixas, é? Não faz sentido, eles usam de uma homofobia velada, aquela que já tá alojada na mente. Ou seja, “todos são homofóbicos, nós não, somos o mais amor por favor, o “love wins”, agora vá pro inferno seu merda sem cérebro seu lixo, infeliz.”

Para ver o texto na íntegra, clique aqui.

A realidade é essa. Uma piada, um comentário e no futuro até mesmo um mero pensamento podem fazer com que abutres queiram destruir a vida de outra pessoa. Essa perseguição política e ideológica está indo muito além do aceitável.

Anúncios

2 comentários sobre “Humorista é perseguido e tem postagens deletadas após fazer piada inofensiva sobre Pabllo Vittar

Deixe uma resposta