Delírios de Drauzio: “Mulheres têm mais liberdade sexual na cadeia”

De acordo com matéria da Folha, Drauzio Varella palestrou na FLIP, onde comentou sobre seu trabalho entre as mulheres presas, que teria começado depois de um momento em que tinha deixado o trabalho nas carceragens, após o fim da Casa de Detenção do Carandiru.

“Não tem coisa mais triste do que você ver a cadeia esvaziando”, disse. E explicou: “Acaba aquilo –não vou chamar de alegria– mas acaba aquele movimento.”

Ele comentou sobre abusos sofridos pelas mulheres: “Paradoxalmente, o único lugar em que a mulher pode ter liberdade sexual é a cadeia”, disse. “A homossexualidade é muito mais próxima do repertório feminino. Nós somos muito simples. Descrever sexualidade em cadeia masculina é um parágrafo. Na feminina, são três capítulos.”

O mais curioso é que ele não comentou sobre o fato de que nas cadeias existe uma maior incidência de homossexualidade forçada, e não voluntária, além de uma altíssima taxa de estupros, tanto em prisões masculinas como feministas. Muito bizarra esta avaliação de Drauzio.

Anúncios

Um comentário sobre “Delírios de Drauzio: “Mulheres têm mais liberdade sexual na cadeia”

Deixe uma resposta