Plano de segurança no Rio é “intervenção militar disfarçada”, diz Hugo Leal do PSB

Hugo Leal, do PSB do Rio de Janeiro, falou ao site O Antagonista sobe o “plano emergencial” de segurança para a região metropolitana da capital fluminense:

“É uma intervenção federal disfarçada. Poderiam logo assumir a previsão constitucional. Dessa forma, ainda é um arremedo.”

Para o deputado, o governo federal não assume logo a intervenção com temor de que “a moda pegue”.

Anúncios

4 comentários sobre “Plano de segurança no Rio é “intervenção militar disfarçada”, diz Hugo Leal do PSB

  1. O Brasil precisaria mesmo de uma INTERVENÇÃO MILITAR A NÍVEL NACIONAL. Expulsar todos os comunistas do país, prender todos os corruptos e implantar a pena de morte para assassinatos, tráficos diversos e prisão perpétua de roubo ao erário público.

Deixe uma resposta