Lula debocha do povo e diz que prova de sua inocência é “não ter depositado dinheiro na Suíça”

Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-presidente-criminoso e condenado do PT, disse nesta sexta-feira, 28, que a ausência de contas em seu nome no exterior deveria ser levado em conta como prova de sua inocência. Afirmou que o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato em Curitiba, foi pressionado pela imprensa, sobretudo pela Globo e por isso o condenou. “A única prova que tem naquele processo é a da minha inocência”, declarou Lula.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Lula debocha do povo e diz que prova de sua inocência é “não ter depositado dinheiro na Suíça”

    1. É o que eu sempre digo Francisco Xavier. Já o disse em varios comentários aqui mesmo! A propaganda é a alma do negócio.Na hora de votar, esse nome estará tão memorizado que os alienados indecisos não lembrando outros nomes o usarão nas urnas! Até como o fizeram com outros tantos associados, desde Dilma a Sérgio Cabral, por exemplo. Isso é um tiro no próprio pé! Usem Molusco…ex Presidente, Chefe de quadrilha…dá na mesma em termos de divulgação das suas asneiras e falcatruas!

Deixe uma resposta