Apesar das feministas histéricas, encontro de menina com Gal Gadot mostra a importância de “Mulher Maravilha”

Na Comic Con, em San Diego, Califórnia, uma menina começou a chorar tão logo chegou perto da atriz Gal Gadot, a grande estrela do filme Mulher Maravilha. A menina, de nome Ashley, ficou emocionada na presença da atriz que admirou tanto no cinema.

A mãe da menina, Christine Keller, disse no Twitter que Ashley não conseguiu se conter de tanta felicidade. Mulher Maravilha foi o primeiro filme bem sucedido com uma heroína nas telas, dando protagonismo a uma mulher que é, acima de tudo, um personagem adorado desde os tempos das histórias em quadrinhos.

Veja o momento do encontro:

É bom ver que a histeria feminista não tirou o brilho do filme e nem do trabalho excelente realizado pela atriz.

Anúncios

Um comentário sobre “Apesar das feministas histéricas, encontro de menina com Gal Gadot mostra a importância de “Mulher Maravilha”

  1. Que histeria feminista? Sou feminista e amei o filme, Gal Gadot e Patty Jenkins. De onde você está tirando isso? Achava que o papel do jornalismo era reportar a verdade, não atacar movimentos.

Deixe uma resposta