Por pressão, Aiatolá que prega a destruição de Israel arregou na visita ao Brasil

Mohsen Araki, líder iraniano, cancelou a palestra que iria fazer no sábado, 29, em São Paulo. Ele viria ao Brasil para pregar em mesquitas e instituições que são patrocinadas pelo governo do Irã, mas sua viagem para o Brasil causou revolta. Líderes religiosos, como Dom Odilo Scherer, arcebispo de São Paulo, Houssam Ahmad el Boustan, líder islâmico, e Michel Schlesinger, rabino da Confederação Israelita do Brasil, assinaram um documento e um alerta “contra qualquer discurso destinado a propagar o ódio entre nossas comunidades.”.

Fonte: VEJA.com

Anúncios

Um comentário sobre “Por pressão, Aiatolá que prega a destruição de Israel arregou na visita ao Brasil

Deixe uma resposta