Palestra de líder radical muçulmano e antissemita é cancelada em São Paulo

O líder muçulmano Mohsen Araki, ligado ao Hezbollah, que daria uma palestra sobre “tolerância religiosa” no Novotel em São Paulo, teve sua visita cancelada.

A informação foi publicada pelo próprio Novotel em sua página no Facebook:

fd2d34c1-093c-4122-becf-431a8e07de6c.jpg

Anúncios

7 comentários sobre “Palestra de líder radical muçulmano e antissemita é cancelada em São Paulo

  1. Que bom que os dirigentes deste hotel demonstraram que têm juízo e bom senso! Já temos coisas ruins demais neste país, só faltava um muçulmano falando sobre intolerância religiosa. Peça a ele para ir ao Quênia falar para o El- shabat que assassinou cristãos em suas casas pq se recusaram a professar a fé islâmica! Afffff!!!!

Deixe uma resposta