Desembargador do TRF-4 mantém decisão de bloquear bens de Lula

João Pedro Gebran Neto, o desembargador federal que é relator da Lava-Jato no Tribunal Regional Federal da 4° Região, negou nesta tarde de terça-feira, 25, o pedido de desbloqueio de bens de Lula, o ex-presidente-criminoso condenado.

A defesa de Lula entrou com recurso para pedir o desbloqueio do dinheiro bloqueado pela justiça. Gebran negou o pedido e rebateu os argumentos da defesa de que há urgência no desbloqueio porque isto poderia comprometer a subsistência do ex-presidente.O desembargador frisou que Lula segue recebendo o auxílio de ex-presidente: “O pedido de provimento judicial precário esbarra na ausência de urgência. Não socorre o impetrante a alegação genérica de que a constrição é capaz de comprometer a subsistência do ex-presidente, que recebe o auxílio que lhe é devido em decorrência da ocupação do cargo de presidente da República”, concluiu o desembargador.

Anúncios

2 comentários sobre “Desembargador do TRF-4 mantém decisão de bloquear bens de Lula

  1. Quando esse SAFADO depôs a um Juiz de Brasilia disse que tinha uma pensão de 30.000,00 da falecida esposa, ninguém sabe onde eles arranjaram essa gorda pensão mas ele disse que tinha, cadê? Sumiu?

Deixe uma resposta