Por causa de pressão, líder do PT admite que pode recuar de apresentação da Emenda Lula

A malandragem petista é algo sem nenhum limite moral.

Após a repercussão negativa sobre a “Emenda Lula”, Carlos Zaratini, líder do PT na Câmara, deu uma declaração cínica e absolutamente repudiável à Agência Brasil, fingindo inocência e querendo dar a entender que a proposta não tinha nenhuma finalidade específica.

“Isso vale para todos os candidatos. Não é uma coisa para o Lula. E teve a concordância de todos os partidos. Ele conversou com todo mundo sobre isso. Agora, para nós do PT, não é uma questão essencial, fundamental. Se não houver concordância dos outros, nós simplesmente vamos abandonar isso aí. Para nós, tem outros pontos muito mais importantes que esse”, disse Zarattini

Uma lorota, é óbvio.

A Reforma Política sofreu uma tentativa clara de golpe pró-Lula quando o deputado Vicente Cândido, do PT, apresentou uma emenda fajuta que tem como finalidade impedir a prisão de qualquer pré-candidato às eleições no período de cinco meses antes do pleito.

A quem eles pensam que ainda vão enganar?

Anúncios

2 comentários sobre “Por causa de pressão, líder do PT admite que pode recuar de apresentação da Emenda Lula

Deixe uma resposta