Palocci pretende contar sobre ataque covarde e quebra de sigilo de Francenildo em sua delação

Segundo o blog petista Brasil 247, Antonio Palocci pretende contar em sua delação premiada sobre a quebra de sigilo bancário do caseiro Francenildo dos Santos Costa, em 2006, envolvendo o caso que o levou a sair  do Ministério da Fazenda. O acordo de confidencialidade entre o ex-ministro e a força-tarefa da Lava Jato está fechado.

Relembre o caso:

Em 2006, Palocci foi acusado de participar de festas com prostitutas numa casa do Lago Azul, na zona nobre de Brasília. O local tinha sido alugado por seus assessores. A oposição o acusou de usar tais encontros para fazer lobby com empresários.

Fonte: Brasil 247

Anúncios

Deixe uma resposta