Desembargador que soltou Geddel recebe ameaça de morte: “Deveria morrer”

Ney Bello, desembargador do Tribunal Regional Federal da 1° Região, passou a ser ameaçado de morte em suas redes sociais após autorizar Geddel Vieira Lima a prisão domiciliar. Em um dos comentários, um usuário escreve: “Você soltou Geddel, seu FDP, porque sua mãe não precisa do SUS. Quando sua família começar a morrer, você prende ele”. Outro usuário escreveu: “Você e seus amigos vagabundos merecem ser queimados em praça pública”. E um outro disse que ele deveria morrer por ser de direita: “Seu juiz capacho do PMDB. Direita nojenta que merece morrer. Condenar Lula vocês sabem, mas prender um vagabundo, ladrão, não. Deveriam morrer”. Esquerdistas sendo esquerdistas.

Fonte: Veja

Anúncios

Deixe uma resposta