Gleisi articula movimento pró-Lula no Foro de São Paulo. Ué… mas não era teoria da conspiração?

Conforme o site Blog do Esmael (um petista retinto) a senadora bolivariana Gleisi Hoffmann, presidente nacional do PT, participa este fim de semana na Nicarágua do XXIII Foro de São Paulo.

Ela foi incumbida de articular um movimento envolvendo líderes de países totalitários da América Latina para tentar livrar Lula da cadeia.  Por parte dos petistas, a narrativa do momento é dizer que “eleição sem Lula é uma fraude”.

O Foro de São Paulo é uma organização criada em 1990 para juntar partidos socialistas, focados na implementação do totalitarismo do século 21 (principalmente pela censura de mídia e aparelhamento do judiciário). A tática deu muito certo em Venezuela, Bolívia e Equador, e teve momentos de sucesso na Argentina e no Brasil.

Na Argentina, Cristina Kirchner conseguiu até censurar a mídia, mas mesmo assim perdeu o poder. No Brasil, Lula e Dilma não chegaram a concluir esse passo.

Petistas costumavam dizer que os críticos do Foro de São Paulo eram “teóricos da conspiração”, mas agora já não escondem as reuniões, exibidas com orgulho.

Veja um vídeo da organização Fora Foro de São Paulo, que relembra uma conversa entre Boris Casoy e Lula na qual o ex-presidente usava a narrativa de que “falar do Foro é teoria da conspiração”, ou ao menos algo do tipo:

Anúncios

3 comentários sobre “Gleisi articula movimento pró-Lula no Foro de São Paulo. Ué… mas não era teoria da conspiração?

Deixe uma resposta